PB tem redução de 12% no número de homicídios em 2016, diz governo

O Governo do Estado divulgou nesta terça-feira (10) dados da segurança pública durante a primeira reunião de monitoramento da segurança de 2017. Segundo o levantamento da Secretaria da Segurança e Defesa Social (Seds), o estado fechou 2016 com uma redução de 12% dos assasinatos em relação a 2015 e representa a maior redução no número de homicídios desde 2011.

De acordo com os números, durante os 12 meses do ano passado, foram contabilizados 1.322 casos de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), que correspondem a homicídios dolosos ou qualquer outro crime doloso que resulte em morte, enquanto que em 2015 foram registradas 1.502 ocorrências do tipo. Segundo o governo, o estado reduziu o número de homicídios durante cinco anos consecutivos.

A análise do Núcleo de Análise Criminal e Estatística da Seds, mostrou que a redução de assassinatos em números absolutos reflete na diminuição da taxa de CVLI, o número caiu de 44,3 assassinatos por 100 mil habitantes em 2011 para 33,1 assassinatos por 100 mil habitantes em 2016, representando uma queda global de 25,4% entre esses anos. Também tiveram redução as tentativas de homicídio, que foram de 1.416 casos para 1.287 (-9,1%) e os latrocínios que apresentaram uma queda de 31% (48 para 33 casos).

Redução de mortes de mulheres
Em 2016, as políticas públicas de enfrentamento da violência contra a mulher, juntamente com a prevenção e repressão qualificada à violência de gênero também resultaram numa redução de 14,2% no registro de assassinatos com vítimas do sexo feminino. No ano de 2015, foram contabilizados 113 casos e no ano passado 97. De acordo com a Secretaria da Segurança e da Defesa Social, os homicídios de mulheres alcançam uma redução global de 34% desde 2011, quando foram computados 146 crimes desse tipo, com a taxa saindo de 7,47 homicídios por 100 mil habitantes para 4,71.

Armas e drogas apreendidas
Os números apresentados pela Segurança Pública mostram que em 2016 foram apreendidas 3.477 armas de fogo, sendo 1.227 revólveres, 681 pistolas e 1.350 espingardas. A repressão ao porte ilegal de armas refletiu na redução de assassinatos com uso de arma de fogo na Paraíba, que caíram de 1.235 em 2015 para 1.035 no ano passado (-16%). Em 2011, o número chegou a 1.410 homicídios com uso desses armamentos.

Já em relação aos entorpecentes, as Forças de Segurança apreenderam um total de 1 tonelada e 239,7 quilos de drogas no ano passado, sendo 1 tonelada e 117,8 quilos de maconha, 85 quilos de crack, 36,8 quilos de cocaína. Em seis anos, as ações de enfrentamento ao tráfico de drogas realizadas pela polícia paraibana resultaram na retirada de 10,1 toneladas de entorpecentes das ruas, conforme os dados apresentados pela Seds.

Fonte: G1