Gilmar Mendes desejou “uma boa viagem” para Janot

Folha da Paraíba

O ministro do Gilmar Mendes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), disse que o Supremo Tribunal Federal (STF) ficou dependente da Procuradoria-Geral da República (PGR) no caso da Lava Jato. Gilmar Mendes aproveitou a oportunidade e desejou “uma boa viagem” para Rodrigo Janot, que será procurador-geral até setembro deste ano.

Para quem não gosta do “modus operandi” do ministro Gilmar Mendes, terá que suporta-lo por um bom tempo, já que o ministro tem apenas 61 anos de idade e a aposentadoria de um ministro da suprema corte é prevista para os 70 anos de idade.

da Redação