Senadoras “tomam” a presidência do Senado e o presidente apaga as luzes

A figura do político brasileiro parece cada vez mais cômica e o que aparentemente parece não piorar, pior fica.

Hoje(11), Eunício Oliveira (PMDB), presidente do Senado, suspendeu a sessão em andamento, para analisar a reforma trabalhista após senadoras da oposição tomarem conta da mesa da presidência.

As senadoras oposicionistas que ocuparam os lugares na mesa foram: Gleisi Hoffmann (PT-PR), Lídice da Mata (PSB-BA), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), Fátima Bezerra (PT-RN) e Regina Sousa (PT-PI).

Pouco tempo depois da “ocupação” da mesa, pelas senadoras, o presidente mandou apagar parte das luzes e desligar os microfones. As “luz de velas”, elas fizeram protestos contra a reforma trabalhista que seria votada hoje pela casa.

Senadores das antigas ficaram chocados.

Folha de Brasília, da Redação