Temer exonerou dez ministros para que saíssem em sua defesa na Câmara

O presidente Temer exonerou dez ministros para que saíssem em sua defesa na Câmara dos Deputados, contra a denúncia de corrupção.
Os líderes do governo na câmara disseram hoje(02), que é certa a vitória do presidente na Câmara dos Deputados.

Veja os ministros que voltam à Câmara para votar contra a denúncia.

Antonio Imbassahy (PSDB-BA)
Ministro-chefe da Secretaria de Governo
Mendonça Filho (DEM-PE)
Ministro da Educação
Bruno Araújo (PSDB-PE)
Ministro das Cidades
Fernando Filho (PSB-PE)
Ministro de Minas e Energia
Osmar Terra (PMDB – RS)
Ministro do Desenvolvimento Social
Leonardo Picciani (PMDB-RJ)
Ministro do Esporte
Sarney Filho (PV-MA)
Ministro do Meio Ambiente
Ronaldo Nogueira (PTB-RS)
Ministro do Trabalho
Marx Beltrão (PMDB-AL)
Ministro do Turismo
Maurício Quintella Lessa (PR-AL)
Ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil

da Redação